Newsletter
Nome:
E-mail:

Artigos

| TI24x7 Cursos Online

Adobe Flex Parte 2

28/03/2011

Adobe Flex ? Conceito de Classes e Encapsulamento de Dados

Introdução

Olá pessoal! Voltei com mais informação para todos. No artigo anterior sobre o Adobe Flex abordamos o básico do básico, demonstrei como mostrar um alerta com o clássico Olá Mundo, bom, hoje nos aprofundaremos mais no assunto. Além do Action Script (linguagem de programação do Flex) entraremos um pouco com o conceito de orientação a objetos.

Pré requisitos de hoje:

  • Ter lido meu artigo anterior;
  • Conhecer um pouco de orientação a objetos.

Hoje vou demonstrar na prática como trabalhar com classes e com o action script e como encapsular seus dados a fim de prevenir a segurança dos mesmos.

Classes são elementos fundamentais na composição de softwares orientados a objetos, podemos entende-lás como descrições genéricas ou coletivas de entidades do mundo real.

O que isso quer dizer exatamente? Bom, imaginamos que você deseja desenvolver o projeto “automóveis“, Para isso, via programação você criaria uma classe “Carro“, por exemplo, que receberia características como cor, modelo, marca (atributos) e teria funções como arrancar, estacionar, mudar de marcha e etc (métodos).

Vamos abrir o Flash Builder e criar um novo projeto File > New > Flex Project. Colocaremos o nome de “TesteClassesFlex“.

Criado o projeto, adicionaremos 2 Buttons, um TextInput e uma Label. Colocaremos o texto dos componentes desta maneira:

flex

Feito isso, adicionaremos uma classe, no Package Explorer clique com o botão direito na pasta src > default package > new > ActionScript class. Coloque o nome da classe ?Dados?.

flex

Encapsulamento é uma forma de isolar partes do programa a fim de proteger a integridade dos seus dados, com isso, o software torna-se flexível, fácil de implementar e de dar manutenção.

Criamos uma atributo(característica) para a classe Dados, setando o modificador para privado, e logo após, encapsularemos esse atributo.

flex

Nosso MXML está assim até agora:

flex

Agora, basta linkar a classe com o source do MXML.

Vamos criar eventos para os botões, instanciamos a classe, e criamos uma função SetarTexto que vai acessar a classe Dados e cair no Set, e depois, para recuperar esse valor, a função PegaTexto para cair no Get da classe.

flex

Não esqueça nomear os componentes, e linkar com o evento criado, de acordo com a imagem acima.

Rodando o aplicativo no navegador, ao digitarmos um texto e clicarmos em Set, aplicaremos o conceito de encapsulamento, protegendo o acesso aos dados e a integridade dos mesmo, para recuperar o valor armazenado, clique em get, e voilà!

Set

flex
flex

Get

flex

Desta maneira, a variável texto não é acessada diretamente (o que não é legal). Seria como termos contruído um “muro“ ao redor da informação da varíavel onde o “muro“ agiria como um segurança, controlando quais dados entram e quais dados saem.

Um código um pouco melhorado que faz a mesma coisa:

flex

Finalizando...

Bom pessoal, por hoje é só, no próximo artigo falaremos mais sobre ActionScript, de acordo? Tema de casa: Reproduza os exemplos acima e veja a diferença entre os dois, tente fazer a sua implementação, o céu é o limite. Até a próxima e bons estudos! Enjoy programming.



Colunista

Marcelo Schneider

Estudante de sistemas de informação, curioso nato por códigos e tecnologias, com conhecimento em desenvolvimento web e desktop. Interesse e conhecimento em aplicações ricas para internet e gerência de projetos.
© Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site.
Como Funciona Formas de Pagamento Logo Ebit Compra Segura

TI 24x7 - O Maior portal de cursos online especializado em TI do Brasil